30/08/2014 às 09h23min - Atualizada em 30/08/2014 às 09h23min

Como planejar ou reformular o empreendimento leiteiro, destaca Sebrae/SC

Sebrae/SC

Conhecer o cliente e saber o que é valor para ele são questões que o empreendedor deve estudar a fundo para transformar o seu negócio. Na pecuária de leite, a ferramenta que indicará quais serviços, produtos ou soluções devem ser oferecidos é o modelo de negócios. A elaboração de um modelo de negócios pode aumentar em 60% a probabilidade de sucesso do empreendimento. Esta ferramenta avalia questões como possíveis parcerias, relacionamento com clientes, recursos disponíveis, ideia de negócios, proposta de valor, segmentos de clientes, fonte de receitas, entre outros critérios.

Para iniciar um planejamento eficiente de um novo negócio ou reformular um já existente, é preciso pensar no que se está fazendo quanto à ideia ou o negócio e por que tais ações e planos são necessárias. É necessário ainda observar o cotidiano das empresas que já existem, seus processos e as pessoas inseridas nele. O objetivo é encontrar algo que desperte uma nova ideia de produção diferenciada, com valor agregado no processo, no produto ou no marketing.

O Relatório do Sistema de Inteligência Setorial do Sebrae/SC sobre este assunto sugere algumas perguntas para montar um modelo de negócios. O utilizado pelo SIS foi o Business Model Generation, que se baseia na metodologia criada por Alex Osterealder – um especialista em Sistemas de Informações Gerenciais – em que se trabalha por meio de quadros, onde as informações do negócio são escritas. O intuito do esquema visual é dar uma noção geral do empreendimento, facilitando a compreensão das necessidades e guiando a tomada de decisões na construção do plano de negócios posteriormente.

A partir do exemplo a seguir, sem as perguntas, você pode deduzir qual o tipo de negócio a ser desenvolvido: uma propriedade especializada na cria e recria de animais de alta genética tem como proposta de valor a genética do animal jovem. O seu segmento de clientes representa os produtores com interesse em ampliar e melhorar geneticamente o seu plantel. As parcerias possíveis serão com as empresas que comercializam material genético.Os canais de divulgação serão leilões, revistas técnicas, feiras e eventos. Como você pôde notar, construiu-se a ideia do negócio e seu ponto-chave de valor, nesse caso, a genética.

Veja outro exemplo, agora com as perguntas:

1)Qual o conceito do negócio?
O produtor de leite, neste exemplo, dirá que é &39;a produção de leite&39;.

2)Qual a estrutura necessária?
Estábulos, pastagens, áreas para capineiras, etc.

3)Quais serão as necessidades supridas e quem as possui?
Verifique se laticínios próximos tem a necessidade de leite, com volume diário de coleta, e composição específica para maior produção de queijo, por exemplo.

4) Como pretende manter-se competitivo?
Avalie o investimento em benfeitorias, como genética e alimentação, que resultem no enriquecimento constante da qualidade do leite.

5) Como os clientes conhecerão os produtos?
Participação em eventos, associações, ações de marketing, divulgação em meios estratégicos, entre outros.

O plano de negócios busca informações mais consistentes, bem fundamentadas e detalhadas, com base em pesquisas, estudos, visitas a concorrentes e possíveis parceiros. Entram também informações sobre a viabilidade dos negócios, riscos e incertezas. Tudo para ajudar o empreendedor a entender melhor o modelo de negócios.Uma ferramenta não dispensa a outra – elas estão interligadas e em conexão constante.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »