24/05/2013 às 09h59min - Atualizada em 24/05/2013 às 09h59min

Produtores de leite de Roraima conhecem o projeto Balde Cheio

Embrapa Roraima

Com o objetivo de divulgar o projeto Balde Cheio, criado pela Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos-SP) e hoje presente em vários estados do Brasil, a Embrapa Roraima promove, com o apoio do Sebrae, UERR e Senar, palestras introdutórias sobre o programa, ministradas pelo em Sr. André Luis Novo, da Embrapa Pecuária Sudeste. As palestras são voltadas para os técnicos e produtores de leite do estado e acontecem em Boa vista e em Rorainópolis, nos dia 22 e 24, respectivamente. 

O projeto Balde Cheio aposta em uma metodologia inédita de transferência de tecnologia que contribui para o desenvolvimento da pecuária leiteira em propriedades familiares por meio da instalação de Unidades Demonstrativas (UDs). O programa visa capacitar profissionais de extensão rural e produtores, promovendo a troca de informações sobre as tecnologias aplicadas regionalmente. 

Para o analista de Transferência e Tecnologia da Embrapa Roraima, Lourenço de Souza Cruz, realizar essas palestras é primeiro passo para visualizar o interesse dos produtores de leite do estado visando uma futura implantação do projeto em Roraima. “O Balde Cheio vem promovendo o desenvolvimento da pecuária leiteira na região em que é adotado, aumentando a produção de leite do pequeno produtor e reduzindo o êxodo rural. Por isso seria muito bom trazer esse projeto para o estado”, diz Lourenço. 

Como funciona? 
No projeto, a capacitação e a troca de informações acontecem na propriedade rural, que se torna uma sala de aula, chamada de Unidade Demonstrativa. A programação inclui aulas teóricas na Embrapa e nas propriedades selecionadas. A partir da estruturação da propriedade com base nas orientações do projeto, a UD passa a ser uma referência na região. 

Uma das principais estratégias do Balde Cheio são as parcerias efetuadas com diversos tipos de instituições públicas e privadas que confere ao projeto uma base sustentável e dinâmica, colaborando para a formação de uma rede de trabalho em que ocorre uma intensa troca de informações e de conhecimentos. 
Até o final de dezembro de 2012, 24 estados brasileiros já faziam parte do Projeto Balde Cheio, totalizando 710 municípios e mais de 3.831 propriedades rurais, sendo 563 Unidades de Demonstração e 3.268 Propriedades Assistidas.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »