17/10/2011 às 14h32min - Atualizada em 17/10/2011 às 14h32min

RS: cooperativas dizem sim ao Leite Gaúcho durante Interiorização do governo Estadual

Emater/RS

Nove cooperativas de leite da Região Noroeste assinaram durante Interiorização de Governo, em Ijuí, Termo de Cooperação Técnica, o qual formaliza adesão ao programa estadual Leite Gaúcho, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR). A iniciativa do governo do Estado beneficia 19 municípios e 1.628 famílias, responsáveis pela produção de 4,2 milhões de litros/mês.

Conforme o documento, também assinado pelo secretário da SDR, Ivar Pavan, os produtores passam a ter capacitação, assistência técnica, monitoramento da produção e acesso a crédito subsidiado, entre outros benefícios. 

Além de aumentar a produção e melhorar a qualidade do leite produzido no Estado, o programa Leite Gaúcho pretende garantir aos agricultores familiares renda mensal e alternativas econômicas a quem deseja sair da cadeia produtiva do fumo, tendo em vista acordos internacionais de redução na produção de tabaco.

O Rio Grande do Sul é o segundo maior produtor de leite do país, com mais de 3,3 bilhões de litros anuais, o que significa 12% da produção nacional, ficando atrás somente de Minas Gerais. A produção gaúcha é de 9,5 milhões de litros/dia, considerada muito abaixo da capacidade de processamento da indústria, que é de 16 milhões de litros/dia. A produtividade, no entanto, é uma das melhores do Brasil, chegando a 2.336 litros/vaca ordenhada por ano. Dos 441 mil estabelecimentos rurais, 134 mil estão produzindo leite, contudo, 70% deles comercializam menos de 100 litros de leite por dia, conforme Censo Agropecuário de 2006.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »