29/02/2016 às 20h19min - Atualizada em 29/02/2016 às 20h19min

O Saber e a Tecnologia na Fabricação de Lácteos

Marco Antônio Cruvinel de Lemos Couto

Vivemos em uma era em que é imprescindível a busca por conhecimentos. Hoje a Informação assume uma importância crescente, e uma necessidade para qualquer setor da atividade humana devido a tantas transformações que estamos presenciando. A cada momento, nos deparamos com novos conceitos e tendências e nos surpreendemos com a velocidade que eles estão ocorrendo e afetando nossas vidas como, por exemplo, a tecnologia que influência todos os setores e meios sociais.
 
A tecnologia está cada vez mais presente no nosso dia a dia, e hoje está acessível a vários níveis da sociedade. Podemos perceber que existe uma grande necessidade e exigência de atualização e especialização que é requerido dos usuários que precisam possuir uma visão crítica sobre os aspectos relacionados a esse tema, para que eles saibam analisar todos os aspectos positivos e negativos que tal ferramenta pode proporcionar na sua vida. A tecnologia pode e deve ser utilizada para o crescimento das pessoas e não as pessoas crescerem dependendo da tecnologia.

Portanto, precisamos refletir sobre a forma como a tecnologia tem mudado a maneira das pessoas interagirem com as demais, nos fazendo pensar que essa ferramenta que está a todo o momento oferecendo novos conhecimentos, praticidade e entretenimento, acabe por distanciar as pessoas da vida real, por isso é muito importante que as pessoas saibam utilizá-la de maneira consciente. A Internet pode ser uma grande fonte de aprendizagem, entretenimento e socialização. Mas o saber teórico e prático, a visualização do processo é algo importante e necessário.
 
Me lembro, com clareza, da frase escrita na entrada do Setor Industrial da grande escola de laticínios em Juiz de Fora/MG - Instituto de Laticínios Cândido Tostes/EPAMIG, onde iniciei meus primeiros passos na arte de estudar e o leite e fabricar seus derivados: Para saber mandar é preciso saber fazer. Para saber fazer é necessário aprender fazendo!
 
Para ilustrar, dois depoimentos de pessoas que fizeram curso conosco e suas considerações:
 

1. A busca por aprimoramento profissional nao tem distância, do Japão  direto para Brasil Minas Gerais Piracema, foi o meu ponto de parada. Estou extremamente feliz e muito satisfeita com o resultado do curso, aqui pude não só esclarecer muitas dúvidas, mas principalmente aprender de verdade como fazer um produto de qualidade. O curso dividido em 2 partes, teórico e prático, 100% de aproveitamento. Seria injusto destacar um ponto apenas, por que na minha opinião o que faz de curso com 100% de aproveitamento são um conjunto de coisas, o atendimento foi espetacular, todos sempre prontos a atender. Meu muito obrigado a todos! Monica Kikugawa - Japão

 

2. Sempre quis iniciar uma pequena fabricação de queijos no meu sítio, por isso resolvi participar do curso. Foi excelente, todos muito solícitos, perfeitamente aptos a esclarecer todas as dúvidas. Jamais poderia dar início ao meu laticínio sem ter participado dele. Sei que é só o começo, quero voltar para aprofundar meu aprendizado. Silvana Pettinato Lucio - São Paulo, SP

 
Em virtude do exposto, todos nós, da Equipe Técnica do Site Ciência do Leite e da Empresa  Rica Nata nos esmeramos em oferecer cursos de pequena duração em leite e derivados, mas repletos de sabedoria pois o nosso desejo é que nossos clientes e uuários voltem para seus lares com a lembrança dos bons amigos que fizeram, dos agradáveis momentos que celebramos e com todos os ensinamentos que passamos em nossas aulas prátiicas e teóricas! O saber e a tecnologia somente se tornam grandes quando interagem com a vivência, o respeito e com a amizade. Estamos sempre procurando buscar novas idéias, inovar processos e divulgar o que também aprendemos durante nossa jornada... Essa curiosidade nos abre novas portas! Sejam todos sempre bem-vindos!
 
 
Saudações Laticinísta e que venha 2016
Marco Antônio Cruvinel Lemos Couto e Equipe Ciência do Leite

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que mais te agrada no Site Ciência do Leite?

10.0%
46.7%
15.8%
11.7%
15.8%